fbpx

Compartilhe
Pin It
Por Alveni Lisboa

O Facebook começou a mostrar mais detalhes sobre a sua funcionalidade de conversas por áudio para rivalizar com o Clubhouse. A novidade é focada na criação de salas somente para bate-papo por voz ao vivo, mas também oferecerá um recurso para troca de mensagens de áudio curtas e suporte para criação de postcasts.

fbrooms190421As "Rooms" vão permitir troca de ideias por áudio ao vivo no Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

As salas de áudio (Live Audio Rooms) não devem diferir muito do que já está presente nos concorrentes: locais onde palestrantes falam ao vivo por voz e usuários ouvem e interagem via chat. Ainda não dá detalhes se haverá a possibilidade de ouvintes participarem das conversas de áudio ou se somente os selecionados antes poderão interagir desta forma.

As mensagens curtas de áudio são chamadas de Soundbites (Pedaços de som, em tradução livre). Elas serão exibidas no Feed dos usuários e contarão com transcrição de áudio para permitir que quem topar com ela usufrua do conteúdo mesmo sem som. Também será possível incluir efeitos sonoros e outros recursos amigáveis.

Já a ferramenta de podcast vai permitir navegar, baixar e ouvir seus programas favoritos no próprio aplicativo do Facebook, enquanto o app está aberto ou em segundo plano. Hoje, muitos criadores usam a rede para divulgar seus programas, mas a hospedagem ocorria em sites de streaming de músicas tradicionais, como o Spotify, Apple Music e similares.


Os SoundBites são pequenas pílulas de conteúdo de áudio diário no Feed do Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

A rede social também começará a testar recursos de monetização em todas essas novidades de áudio, afinal criar conteúdo para a internet se tornou algo muito rentável. Possivelmente, haverá funcionalidades para enviar doações aos criadores de conteúdo (com as já famosas Stars) e ferramentas para assinatura de salas com conteúdos exclusivos do Live Audio Rooms. A rede também trabalha para criar um fundo para remunerar influenciadores dispostos a fazer Soundbites diários.

Quando chegam?

A primeira adição deve dar as caras até junho, pois é mais urgente para competir com os rivais. Os outros dois ainda não tem data para desembarcar, mas, pelas imagens disponíveis, parecem estar em fase avançada de desenvolvimento.

O objetivo da empresa de Mark Zuckerberg é trazer adições extras para conquistar o público que possa ter migrado para os concorrentes, atraídos pela possibilidade do chat de voz. As novas salas de áudio vão suportar a participação sem limites no número de usuários e poderão ocorrer tanto na rede social quanto no Messenger.


Os podcasts vão ganhar recurso exclusivo no Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

A companhia quer testar o recurso também dentro dos Grupos, o que seria um grande trunfo para aproveitar a audiência qualificada desses locais. Para isso, alguns influenciadores devem ser selecionados para experimentar a novidade e contribuir para o desenvolvimento da ferramenta.

Apesar do grande foco nos produtos do Facebook, por se tratar a maior rede social do mundo, há diversos outros concorrentes apostando no segmento de conversa por voz. O Twitter, por exemplo, já lançou o Spaces e tem se dedicado a aprimorar a experiência dos usuários. O mesmo vale para o Telegram, que integrou as salas de bate-papo por áudio como um dos seus ótimos recursos. O Discord, o Slack, o Spotify e o TikTok também já demonstraram estar trabalhando em aplicativos ou funcionaldiades para entrar na onda do áudio.

Como está a animação para os novos recursos de áudio do Facebook? Serão suficientes para bater o sucesso do Clubhouse e superar os demais concorrentes?

Fonte: Facebook

 

 

 

 

FONTE: https://canaltech.com.br/redes-sociais/facebook-apresenta-novos-recursos-de-audio-para-competir-com-o-clubhouse-183094/

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

Tentativas de golpe contra idosos e aposentados crescem na pandemia

hacker160421© Fornecido por RedeTV!

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (15) o projeto que amplia penas por crimes de furto e estelionato praticados com o uso de dispositivos eletrônicos como celulares, computadores e tablets. Oriundo do Senado, o texto aprovado foi o substitutivo do relator, deputado Vinicius Carvalho (Republicanos-SP). A proposta retorna para análise dos senadores.

O projeto cria um agravante, com pena de reclusão de 4 a 8 anos, para o crime de furto realizado com o uso desses aparelhos, estejam ou não conectados à internet, seja com violação de senhas, mecanismos de segurança ou com o uso de programas invasores.

Se o crime for praticado contra idoso ou vulnerável, a pena aumenta de um terço ao dobro, considerando-se o resultado. E, se for praticado com o uso de servidor de informática mantido fora do país, o aumento da pena pode ir de um terço a dois terços.

Segundo Carvalho, a proposta vai punir com mais rigor golpes que se têm tornado comuns durante a pandemia de covid-19. O parlamentar afirmou que, somente em 2019, foram registradas 24 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos no Brasil.

“Um em cada cinco brasileiros foi alvo do golpe de phishing em 2020. Esse golpe ocorre quando um criminoso cria página falsa para simular um site verdadeiro para roubar dados e desviar recursos da vítima”, justificou. “De acordo com o Centro de Denúncias de Crimes Cibernéticos do FBI, durante a pandemia que ainda assola todo o planeta, houve um aumento de 300% de ataques cibernéticos nas principais economias”, acrescentou o parlamentar.

O texto modifica o trecho do Código de Processo Penal (CPP) que trata da competência para processar e julgar algumas modalidades do crime de estelionato. A proposta cria a figura qualificada da fraude eletrônica, com pena de reclusão de 4 a 8 anos e multa.

Nos casos de crimes contra idoso ou vulnerável, agravante existente no Código Penal, o texto determina o aumento de um terço ao dobro, considerando a relevância do prejuízo. Atualmente, o aumento é somente em dobro e apenas quanto ao idoso.

Invasão

No crime já existente de invadir aparelhos de informática para obter dados, modificá-los ou destrui-los, o projeto aumenta a pena de detenção de 3 meses a 1 ano para reclusão de 1 a 4 anos. A redação do tipo penal é alterada para definir que há crime mesmo se o usuário não for o titular do aparelho, condição comum no home office.

Um dos agravantes desse crime tem a pena aumentada de reclusão de 6 meses a 2 anos para reclusão de 2 a 5 anos e multa, independentemente de a conduta constituir crime mais grave, ou não. Trata-se deatentativa de obter conteúdo de comunicações eletrônicas privadas, segredos comerciais ou industriais ou informações sigilosas, assim como obter o controle remoto não autorizado do dispositivo invadido. O aumento de pena proposto pelos senadores era de reclusão de 1 a 4 anos.

Prejuízo econômico

O deputado Vinicius Carvalho incluiu ainda aumento de pena para o caso de ocorrer prejuízo econômico. A majoração atual de um sexto a um terço passa para um terço a dois terços da pena.

“Os prejuízos são notórios para toda a sociedade. Para termos uma ideia, já foram identificados pelo menos 3,8 milhões de pedidos fraudulentos de auxílio emergencial. Neste período houve aumento de 60% de tentativas de golpe contra idosos e aposentados”, informou Carvalho.

 

 

 

 

FONTE: https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/c%c3%a2mara-aprova-projeto-que-endurece-penas-em-crimes-cibern%c3%a9ticos/ar-BB1fH5tX

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo

Usuários do Instagram poderão voltar a visualizar o número de curtidas em todos os posts; plataforma terá três tipos de visualização de likes para escolher

instagram150421Instagram pode voltar a mostrar o número de curtidas nos posts — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

O Instagram começou a deixar de mostrar o número de curtidas nas publicações em maio de 2019. O principal objetivo da alteração era preservar a saúde mental dos usuários, diminuindo a pressão social de obter muitas curtidas nos conteúdos publicados. A mudança chegou ao Brasil em julho do mesmo ano.

De acordo com a rede social, o novo teste está sendo realizado porque os feedbacks sobre a experiência foram mistos. "Algumas pessoas descobriram que não visualizar o número de curtidas as ajudava a se sentirem menos pressionadas, enquanto outras pessoas queriam continuar a ver a contagem para que pudessem identificar tendências e os conteúdos mais populares no Instagram", comunicou.


Instagram poderá permitir que usuário esconda ou mostre a contagem de curtidas nos posts — Foto: Reprodução/Alessandro Paluzzi

Em janeiro deste ano, um desenvolvedor italiano revelou prints que mostravam um possível novo menu de configuração do recurso. O usuário teria diferentes caminhos para determinar a exibição do número de likes: um deles seria no momento de criação de uma publicação e outro por meio do menu "Privacidade", nas configurações. Até o momento, não há informações oficiais sobre como o usuário controlará o recurso.

O Instagram afirma que coletará feedbacks da comunidade de usuários a respeito do novo modelo de exibição até que consiga chegar a um método definitivo de exibição de likes. A empresa diz ainda que uma experiência semelhante também pode chegar ao Facebook em breve.

 

 

 

 

FONTE: https://www.techtudo.com.br/noticias/2021/04/instagram-testa-opcao-para-decidir-sobre-visualizacao-de-likes.ghtml

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Amanda Nunes Moraes – Canguru News

Startup cria ferramenta para ajudar pais, professores e profissionais da saúde a identificar possíveis sinais do autismo em crianças e até adultos

assistentevirtual150421

Para muitas famílias, confirmar o diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA) pode ser um desafio, visto que, em algumas situações, como no caso de um autismo leve, os sintomas podem ser leves e de difícil identificação. No geral, a confirmação do transtorno, além da observação clínica, exige uma análise de comportamento do paciente e o uso de questionários protocolados. No entanto, sabe-se que a identificação precoce da condição favorece o tratamento e acompanhamento da criança com autismo, fazendo grande diferença no desenvolvimento da mesma. Com o objetivo de facilitar a confirmação do transtorno, a startup CogniSigns, de Florianópolis, desenvolveu uma plataforma chamada V.E.R.A. (Virtual Empathic Robot Assistant), que alerta sobre possíveis sinais de autismo, não só em crianças, mas também adolescentes e adultos. A ferramenta ajuda no reconhecimento do diagnóstico e auxilia profissionais a partir do fornecimento de dados.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma em cada 110 pessoas são portadores do TEA, equivalente a 70 milhões. Desse total, entre 2 e 4 milhões estão no Brasil, mas apenas 3 mil (0,15%) são assistidos no país. 

A análise da V.E.R.A. inclui um um relato orientado por chatbot, rastreamento ocular, reconhecimento de expressões faciais e reações comportamentais. Segundo os co-fundadores da startup, Andressa Roveda e Leandro Mattos, a plataforma funciona como uma “alegoria tecnológica da mãe”, que interpreta os sinais do filho e consegue saber o que ele está sentindo. Para tanto, são utilizados conhecimentos do protocolo mundial para identificar sinais de autismo e transformados em uma dinâmica de perguntas e respostas que serão respondidas pela criança. Trata-se, portanto, de um pré-diagnóstico não invasivoonline, em que a pessoa conversa com um chatbot inteligente e amigável. Nos casos de suspeita de autismo, a V.E.R.A. encaminha o paciente para a segunda etapa do processo, em que, ele assiste a um vídeo e, através da própria câmera do computador, são captados seus movimentos oculares. Em seguida, a ferramenta entrega um relatório aos responsáveis orientando quanto à busca de um especialista.

Os co-fundadores da startup – uma empresa de impacto social cujo propósito é erradicar o diagnóstico tardio do autismo no mundo –, dizem que a V.E.R.A. foi feita com o intuito de democratizar o acesso à triagem e ao tratamento do autismo. A ideia surgiu em 2017, quando Andressa, que é psicóloga, manifestou interesse em aplicar a tecnologia e os conhecimentos que dispunham no laboratório de neurociência em prol da causa autista. “A partir daí, passamos a nos dedicar a entender as dificuldades globais do autismo e em como poderíamos ajudar de uma forma disruptiva e diferente de tudo o que existia até o momento”, conta ela. Para isso, investiram em uma ferramenta que fizesse um scanner humano e que pudesse ser acessada digitalmente.

Benefícios da ferramenta

O diagnóstico do TEA pode levar anos e isso interfere no tratamento do paciente. “Existe um processo no desenvolvimento humano, chamado de poda neural, que marca o final da janela de oportunidade para a identificação precoce do TEA”, explica Andressa. Ela ressalta que quanto mais cedo o autismo for identificado, melhor será para a criança, pois ela terá a oportunidade de receber as intervenções necessárias, seja através de medicamentos, em relação à fala, à nutrição ou ao social.

A plataforma ajuda nesse sentido: ao menor sinal de suspeita, parentes, professores, profissionais da saúde ou mesmo o próprio indivíduo podem realizar a triagem de forma simples e segura. Assim, o paciente consegue se antecipar de uma consulta e dispor de dados, que são enviados por e-mail. 

Andressa destaca que aA possibilidade de iniciar as intervenções de forma precoce aumenta as chances de desenvolvimento e de inclusão social. “Todos podem ter acesso à V.E.R.A., ela nasceu para ser utilizada por qualquer pessoa e de qualquer lugar, democratizando o acesso à informação do TEA”, relata a psicóloga

A primeira etapa do processo pode ser acessada gratuitamente pelos pais ou responsáveis por meio do site da CogniSigns. Caso tenham interesse em realizar a segunda etapa da triagem, é necessário pagar. Andressa completa que a V.E.R.A. pode ser utilizada por diversas instituições e organizações: “Escolas e empresas podem solicitar o acesso com o objetivo de identificar e melhorar as estratégias em seus locais para que sejam mais adequadas e mais assertivas”. 

A CogniSigns também desenvolveu outra ferramenta, chamada EuGênio. Com uma tecnologia semelhante à V.E.R.A., é um chatbot que auxilia no diagnóstico de crianças, adolescentes e adultos com altas habilidades.

 

 

 

 

FONTE: https://www.metroworldnews.com.br/estilo-vida/2021/04/14/ferramenta-autismo-v-e-r-a.html

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Por Alessandro Feitosa Jr, G1

Aplicativo Lite estará disponível na Google Play Store a partir de quarta-feira (14) e promete ocupar 93% menos espaço na memória do celular.

instagram lite130421Instagram Lite estará disponível para celulares Android. — Foto: Divulgação/Instagram

O Instagram anunciou que uma versão mais leve do seu aplicativo estará disponível para celulares Android a partir de quarta-feira (14).

O Instagram Lite, como é chamado, ocupa somente 2 MB na memória do smartphone e promete consumir menos internet. O app tradicional tem cerca de 30 MB ao ser baixado – ou 93% maior.

O Instagram apontou que 23% das pessoas na América do Sul se conectam na internet utilizando redes 2G, que são muito mais lentas do que a internet 4G.

A intenção da rede social é ocupar menos espaço nos celulares das pessoas, ter um app que não trava mesmo em modelos mais simples e consumir menos pacote de dados de internet.

Para deixá-lo mais leve, os desenvolvedores precisaram abrir mão de algumas características:

  • os filtros de realidade aumentada para os rostos nos stories não estão disponíveis;
  • não dá para fazer Reels (formato de vídeos curtos similar ao TikTok), apenas assistir;
  • não é possível fazer ou assistir transmissões ao vivo (lives);
  • para o IGTV, apenas a pré-visualização do vídeo pode ser vista;
  • não há modo escuro;
  • não há Instagram Shopping;
  • não há anúncios publicitários;
  • as animações ao passar stories e ao navegar pelo app foram simplificadas.

A companhia afirmou que alguns desses recursos, como a possibilidade de gravar Reels, deve ser incluída no Instagram Lite "nos próximos meses".

O restante dos recursos estão presentes: tirar fotos e gravar vídeos para a linha do tempo e stories com filtros simples de cores, GIFs e figurinhas, IGTV, comentários, além das mensagens privadas.

<a href=Instagram Lite é uma versão simplificada do app para Android. — Foto: Divulgação/Instagram

Essa versão do app começou a ser testada em 2018, no México, e desde o mês passado estava disponível em mais de 170 países.

 

 

 

 

FONTE: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2021/04/13/versao-mais-leve-do-instagram-para-android-chega-ao-brasil-nesta-quarta.ghtml

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

O fabricante chinês de equipamentos de telecomunicações Huawei e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) anunciaram nesta quinta-feira (8) uma parceria para oferecer cursos com certificação para o setor de Tecnologia da Informação e da Comunicação.

curso5g090421© Fornecido por Tech Break Senai e Huawei darão curso grátis de formação em 5G

A Huawei e o Senai vão entregar, inicialmente, três laboratórios de última geração para instalação e manutenção de tecnologia fibra óptica ao Distrito Federal, Bahia e Tocantins. Ainda está prevista a criação do programa ICT Academy Senai/Huawei, que inicialmente oferecerá cursos à distância e presenciais com certificações internacionais nas áreas de Cloud, Inteligência Artificial, fibra óptica e 5G.

As primeiras turmas dos laboratórios de fibra ótica na Bahia, Tocantins e Distrito Federal, com 20 alunos cada, e o curso 5G – Indústria de Aplicações terão inscrições gratuitas. Até o final do ano, espera-se formar 2 mil alunos.

O objetivo da parceria é solucionar um dos principais desafios do setor: o déficit de mão de obra qualificada. Segundo uma pesquisa de mercado realizada pela Teleco, 62% das empresas provedoras de internet enfrentam dificuldades para encontrar profissionais qualificados para instalação de fibra óptica. As regiões Norte e Nordeste são as regiões com maior deficiência.

Ainda de acordo com o estudo, 81% possuem equipes próprias, ou seja, necessitam investir na qualificação dos profissionais por não encontrarem no mercado. No futuro, os profissionais qualificados por meio da parceria também poderão atuar na construção das redes de fibra óptica que cobrirão a rede móvel 5G

The post Senai e Huawei darão cursos de formação em 5G appeared first on TechBreak - Tudo sobre Tecnologia.

 

 

 

 

FONTE: https://www.msn.com/pt-br/noticias/educacao/senai-e-huawei-dar%c3%a3o-cursos-de-forma%c3%a7%c3%a3o-em-5g/ar-BB1frPww

Escrever um comentário (0 Comentários)

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Autor: CCS O Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba (Fussp) recebeu no último dia 14/04 uma...
Por Reuters O Ministério Público Federal (MPF) enviou um pedido de informações complementares a...
polishnews O chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, anunciou na sexta-feira que a Rússia...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Redação Nova Mulher É possível fazer Pizza Hut em casa sem muitos segredos. Abaixo relevamos os truques. Confira! {loadposition apoiador-estilo-vida} INGREDIENTES DO MOLHO 1 molho de...

Metro World News A dica saborosa foi compartilhada no Youtube pelo canal especializado ‘Receitas de Pai’, com o tutorial completo. Confira uma receita prática e deliciosa de pizza de frigideira...

Por: Gabriela Rassy Ovos em nuvem – ou cloud eggs – são a nova obsessão coletiva do Instagram. A receita pode até não ser nova nem complicada, mas viralizou e ocupou tudo quanto é perfil na rede...

André Rochadel Saborosa, colorida e pode ser tanto uma entrada quanto o prato principal {loadposition apoiador-gastronomia} Nada como um prato de simples preparo que fica delicioso e ainda pode...

RELIGIÃO

Frei Jacir de Freitas Faria O evangelho sobre o qual vamos refletir hoje é Jo 6,1-5. Trata-se da multiplicação dos pães. Essa passagem é mais conhecida por nós pelos relatos dos evangelhos sinóticos de Marcos (Mc 6,32-44; 9,1-17), Mateus (Mt 14,...

Helio & Deise Peixoto “Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.”1 João 5:12 {loadposition apoiador-estilo-vida} O que, de fato, todas as pessoas procuram? Vida. Vida no seu dia a dia, nos seus...

Helio & Deise Peixoto “E a língua é uma chama de fogo. Está cheia de maldade e envenena todos os membros do corpo. E é o próprio inferno que ateia fogo à língua, que pode transformar toda a nossa vida numa chama ardente de destruição e...

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account