Compartilhe
Pin It

Por G1

Será a 1ª visita de um papa ao país na história. Ataque é o 1º contra forças americanas desde que os EUA atingiram alvos de uma milícia alinhada ao Irã na fronteira entre o Iraque e a Síria.

ainal asad030321Foto aérea de 29 de dezembro 2019 da base aérea Ain al-Asad, no deserto de Anbar, que foi alvo de ao menos 10 foguetes nesta quarta (3) — Foto: Nasser Nasser/AP

Ao menos 10 foguetes atingiram nesta quarta-feira (3) uma base que abriga soldados americanos no Iraque. O ataque ocorre a dois dias de uma visita histórica do Papa Francisco ao país.

O alvo foi a base aérea de Ain Al Asad, no deserto de Anbar, e vários foguetes atingiram a área em que ficam os soldados da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

O coronel Wayne Marotto, porta-voz americano da coalizão internacional no Iraque, afirmou que as forças de segurança iraquianas iniciaram uma investigação.

Militares iraquianos disseram em comunicado que o ataque não causou perdas significativas e que as forças de segurança encontraram o local usado para disparar os mísseis

No entanto, de acordo com o "New York Times", um veículo de comunicação ligado a milícias iranianas afirma que três soldados americanos morreram. Perguntado sobre isso, o coronel Marotto disse que o incidente ainda está sendo investigado.

Este foi o primeiro ataque contra forças americanas desde que os EUA atingiram alvos da milícia alinhada ao Irã na fronteira entre o Iraque e a Síria, na semana passada, na primeira ação militar do governo Biden

O ataque alimenta temores de uma possível repetição de uma série de ataques como os do ano passado, que culminaram no ataque de drones comandado pelos EUA que matou o general iraniano Qassim Soleimani.

A base aérea de Ain Al Asad é a mesma que foi atacada pelo Irã, em retaliação aos EUA, dias após a morte de Soleimani. Dezenas de militares americanos ficaram feridos na época, e um funcionário civil terceirizado morreu de ataque cardíaco após o ataque. O governo não informou se a vítima era iraquiana ou estrangeira.

Visita do papa

O ataque é o mais recente de vários que fora cometidos nas últimas semanas e mostra a dificuldade logística de organizar a visita do papa, que começa na sexta (5) e vai até segunda (8).

Francisco será o primeiro papa a visitar o Iraque, um país muçulmano de maioria xiita, na história.

<a href=Pôsteres do papa são instalados nesta quarta (3) em Bagdá na véspera da visita de Francisco ao Iraque — Foto: Khalid al-Mousily/Reuters

 

 

 

 

FONTE: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/03/03/foguetes-atingem-base-no-iraque-que-abriga-soldados-americanos.ghtml

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

Uma música levou o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, a tuitar três vezes.

yotuelromero220221Yotuel Romero/Instagram - Música provocou ira do governo cubano

A mesma canção fez com que a televisão estatal da ilha convocasse os cubanos a aplaudir e cantar o hino nacional na quinta-feira (18), com a imprensa oficial dedicando-lhe páginas inteiras de críticas e longos minutos de televisão desde quarta-feira (17).

Trata-se de 'Patria y Vida', que questiona o governo do país comunista e denuncia a situação política e econômica que atravessa a ilha.

Composta por famosos artistas cubanos como Yotuel Romero, Descemer Bueno, a dupla Gente de Zona e os rappers Maykel Osorbo e El Funky, a música ultrapassou 1 milhão de visualizações no YouTube em menos de 72 horas e viralizou em várias redes sociais em Cuba.

As autoridades reagiram, descrevendo a canção como um "lixo" e "covarde" e chamando seus autores de "ratos" e "mercenários".

Não é comum que tantas autoridades e mídia oficial reajam em uníssono apenas por uma música, como aconteceu agora.

"É assim que se canta o país: vivo em um país livre, no qual se pode ser livre, nesta terra, neste instante e estou feliz porque sou um gigante", escreveu Díaz-Canel em uma série de tuítes, referindo-se a uma canção conhecida do trovador cubano Silvio Rodríguez.

De acordo com a maioria das críticas do governo e da imprensa estatal, entre os elementos que mais incomodam estão:

A crítica ao partido no poder

 

Algumas das imagens mostradas no videoclipe (de protestos e repressão na ilha)

A participação de alguns músicos que anteriormente defendiam o sistema e de outros que sempre o questionaram (alguns deles integrantes do Movimento de oposição San Isidro, que fizeram greve de fome em novembro passado).

Produzida entre Havana e Miami, "Patria y vida" questiona alguns dos problemas sociais mais urgentes que a ilha enfrenta, desde a situação da moradia até o exílio ou a falta de alimentos.

"Tambor e címbalo pelos 500 (anos) de Havana, enquanto em casa as panelas não têm mais jama (comida)", canta Romero.

"Divulgação de um paraíso em Varadero, enquanto mães choram pelos filhos que partiram", diz também a letra da música.

A canção então aborda mais questões políticas até advogar por uma mudança na ilha.

"O povo está cansado de aguentar, estamos esperando um novo amanhecer", diz.

No entanto, um dos versos que mais incomodou o governo é aquele em que os músicos pedem a mudança de um slogan que Fidel Castro popularizou na década de 1960: "pátria ou morte".

"Não há mais mentiras, meu povo pede liberdade, não há mais doutrinas. Não gritamos mais patria ou morte, mas pátria e vida", diz a canção.

A música também questiona as novas medidas econômicas que o governo tem tomado para tentar enfrentar a crise pela qual passa a ilha.

"Que a gente comemore se as pessoas andarem rápido, trocando Che Guevara e Martí pela moeda", diz, aludindo à dolarização que vive a ilha.

O que o governo diz?

Em uma das primeiras reações, o ex-ministro da Cultura de Cuba e atual presidente da Casa de las Américas, Abel Pietro, descreveu a canção como "um panfleto musical" e uma tentativa de impedir uma potencial aproximação entre o governo Biden e Havana.

"Os grupos financiados no exterior e na ilha alertam que se houvesse de alguma forma uma reaproximação civilizada entre os dois países, isso significaria o fim de seus empregos e é realmente muito grotesco que uma suposta bandeira da vida seja levantada dos Estados Unidos", disse ele.

Uma crítica semelhante foi usada por vários ministros do governo, instituições oficiais e o próprio presidente.

"Pátria ou morte, gritamos milhares na noite passada com os aplausos às 9 horas e o hino de Perucho Figueredo (poeta cubano). Eles queriam apagar nosso hino e Cuba o viralizou nas redes", escreveu Díaz Canel, referindo-se à convocatória para cantar o hino.

A TV estatal cubana também dedicou amplo espaço para o assunto na quinta-feira (18). O jornal oficial Granma fez o mesmo em sua edição de sexta-feira (19), com uma reportagem de capa e várias páginas internas.

<a href=
Governo promoveu uma campanha para que os cubanos aplaudissem e cantassem seu hino em resposta à canção

Os canais de televisão interromperam suas transmissões às 21h de quinta-feira (18) para exibir o hino nacional, depois que o noticiário convocou os cubanos a cantá-lo e aplaudi-lo em uma campanha chamada "Morrer pela Pátria é Viver".

O que dizem aqueles que apoiam "Patria y vida"?

A canção, que foi postado no YouTube na última quarta-feira, rapidamente viralizou e foi compartilhada por milhares de pessoas dentro e fora da ilha.

Como diz em sua apresentação Alexander Delgado, um dos vocalistas do Gente de Zona, a canção "é o sentimento de muitos cubanos que estão dentro e fora de Cuba" - ele ressaltou que os artistas não receberam financiamento de nenhum grupo ou governo para realizá-la.

"Isso é uma coisa sincera que estamos fazendo pelas pessoas", disse ele.

Yotuel Romero, por sua vez, disse que a canção tem entre seus objetivos mostrar que os artistas cubanos buscam uma mudança.

"Acabou, acabou a mentira, acabou a traição, acabou a tortura, acabou a prisão, acabou a prisão, acabou não te deixar ser como és", disse ele.

O artista cubano Luis Manuel Otero Alcántara, líder do Movimento San Isidro, que intervém brevemente no vídeo, garantiu, por sua vez, que "Patria y vida" representa um "momento único" e que a letra "estava fazendo chorar Cuba por dentro e por fora ".

A vice-presidente do Parlamento Europeu, a tcheca Dita Charanzová, foi uma das personalidades que celebrou a canção e a publicou em suas redes sociais.

 

 

 

 

 

FONTE: https://www.bbc.com/portuguese/geral-56140488

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

Por Heather Law e Evan Simko-Bednarski, da CNN 

Joe Ligon foi condenado à pena perpétua aos 15 anos e, em quase sete décadas na prisão, recusou a liberdade condicional em ao menos duas oportunidades

joeligon180221Foto: Pennsylvania Department of Correction/ Reprodução

Após quase sete décadas atrás grades, Joe Ligon foi libertado de uma prisão da Pensilvânia, aos 83 anos. Ele é considerado o condenado juvenil à prisão perpétua que passou mais tempo encarcerado nos EUA.

Ligon foi encarcerado em fevereiro de 1953 aos 15 anos de idade, recebendo uma sentença de prisão perpétua após se declarar culpado de acusações decorrentes de uma onda de roubos e esfaqueamentos na Filadélfia, ao lado de quatro outros meninos adolescentes.

Os crimes deixaram seis feridos e duas pessoas - identificadas pelo Philadelphia Inquirer como Charles Pitts e Jackson Hamm - mortas.

Apesar de uma audiência ter considerado Ligon culpado de duas acusações de assassinato de primeiro grau, e o próprio admitir ter esfaqueado pelo menos uma das oito pessoas atacadas à faca pela gangue em um dia, seu advogado Bradley Bridge disse à CNN que seu cliente afirma que não matou nenhum deles.

“A criança que cometeu esses crimes em 1953 não existe mais. A pessoa que saiu da prisão em 2021 tem 83 anos, cresceu, mudou e não é mais uma ameaça”, disse Bridge. "Ele retribuiu amplamente à sociedade pelos danos e prejuízos que causou. E agora, é apropriado que ele passe os últimos anos de sua vida em liberdade."

"Sou um adulto agora", disse Ligon à CNN. "Não sou mais uma criança. Não sou apenas um homem adulto, sou um homem velho e envelheço a cada dia."

Ao longo dos sete décadas, Ligon teve diversas oportunidades de deixar a prisão.



Na década de 1970, ele e seus comparsas receberam a opção de clemência do governador da Pensilvânia. Enquanto dois dos homens optaram por aceitar a oferta - que significava estar em liberdade condicional - Ligon a rejeitou.

Rejeitando liberdade condicional

Ele recusou outra oferta de liberdade condicional em 2017, depois que uma decisão da Suprema Corte dos EUA o tornou elegível.

Um ano antes, em 2016, o tribunal decidiu que deveria ser aplicada retroativamente a jurisprudência do caso "Miller vs. Alabama", de 2012, segundo o qual sentenças de prisão perpétua juvenis obrigatórias sem a perspectiva de liberdade condicional eram consideradas ilegais.

A decisão tornou Ligon elegível para liberdade condicional, após mais de 60 anos na prisão àquela altura.

Mas o prisioneiro rejeitou a oferta novamente, afirmando que a liberdade condicional não lhe daria a liberdade que ele desejava após décadas na cadeia.

"O conselho estadual de liberdade condicional presumivelmente o teria libertado, mas com a condição de que ele ficasse sob sua supervisão pelo resto de sua vida", disse Bridge. "Ele optou por não buscar liberdade condicional sob esses termos."



Bridge, que representa Ligon há 15 anos, acabou argumentando que uma sentença de prisão perpétua por um crime que Ligon cometeu quando jovem era inconstitucional. Depois de uma audiência fracassada no tribunal intermediário de apelação da Pensilvânia, o advogado conseguiu levar o caso ao tribunal federal e venceu a questão em novembro de 2020, que finalmente concedeu a Ligon a liberdade sob seus próprios termos em 2021.

Agora que Ligon saiu da prisão, seu trabalho de reentrada na sociedade começou.

John Pace, um ex-presidiário e atual coordenador de reentrada do Projeto de Sentenciamento e Reentrada Juvenil (YSRP) da Filadélfia, disse que está trabalhando com Ligon para ajudá-lo a se levantar.

Pace tinha apenas 17 anos quando ele próprio foi preso por assalto e agressão a um homem. Ele passou os 31 anos seguintes preso. Depois de ser liberado, Pace afirmou ter sentido uma espécie de enjoo depois de ser repentinamente exposto à sua nova realidade.

 

 

 

 

FONTE: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/2021/02/18/aos-83-anos-68-deles-na-prisao-joe-ligon-e-libertado-nos-estados-unidos

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

AFP

A nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, nomeada diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) nesta segunda-feira (15), entra no círculo restrito de mulheres que dirigem organizações internacionais.

ngozi okonjo iweala160221© Eric BARADAT (Arquivo) A nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala

Estas são algumas das mais importantes:

- Christine Lagarde (BCE) - 

 

A francesa Christine Lagarde ocupou oficialmente a presidência do Banco Central Europeu (BCE) em 1º de novembro de 2019, após ter sido nomeada pelo Conselho Europeu em 18 de outubro daquele mesmo ano para um mandato de oito anos. 

Lagarde, a primeira mulher à frente do instituto desde a sua criação em 1998, foi advogada especializada em direito comercial nos Estados Unidos antes de se tornar Ministra da Economia da França (2007-2011) e então diretora geral do Fundo Monetário Internacional (FMI ) (2011-2019). 

De acordo com um estudo de 2020 do OMFIF (Fórum Oficial de Instituições Monetárias e Financeiras), apenas 14 mulheres dirigem bancos centrais, das 173 que existem. 

Em 2014, a americana Janet Yellen fez história ao se tornar a primeira mulher a chefiar o maior banco central do mundo, o Federal Reserve, dos Estados Unidos. 

Yellen acaba de ser nomeada pelo presidente Joe Biden como secretária do Tesouro, cargo que até então sempre havia estado nas mãos de homens.

- Kristalina Georgieva (FMI) - 

Depois de Christine Lagarde, a búlgara Kristalina Georgieva é a segunda mulher a dirigir o FMI, desde sua nomeação em 25 de setembro de 2019. 

Esta economista por formação passou a maior parte de sua carreira no Banco Mundial, do qual foi CEO em 2017.

- Audrey Azoulay (Unesco) -

Audrey Azoulay, ex-ministra francesa da Cultura, foi eleita como diretora-geral da Unesco em 2017. 

É a segunda mulher a dirigir a instituição, depois da búlgara Irina Bokova.

- Ursula von der Leyen (Comissão Europeia) - 

A alemã Ursula von der Leyen assumiu o cargo em 1º de dezembro de 2019 como presidente da Comissão Europeia. Ela é a primeira mulher nessa posição.

Ministra da Defesa por quase seis anos, ela foi considerada por muito tempo como a possível sucessora da chanceler Angela Merkel, que a colocou à frente de um ministério em cada um de seus quatro governos de 2005 a 2019.

- Winnie Byanyima (ONUSIDA) -

A ugandense Winnie Byanyima foi nomeada diretora executiva do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre a AIDS (UNAIDS) em agosto de 2019, e assumiu o cargo em novembro. 

Ela é a primeira mulher a liderar esta organização, criada em 1995. 

Anteriormente, dirigiu a ONG Oxfam e foi uma das chefes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

 

 

 

 

FONTE: https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/mulheres-%c3%a0-frente-de-organiza%c3%a7%c3%b5es-internacionais-um-c%c3%adrculo-muito-restrito/ar-BB1dI0Qa

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

Por G1

35 passageiros morreram e outros sete ficaram e feridos. Mas há desaparecidos.

quedaonibus160221Ônibus cai em rio na Índia e deixa mortos e feridos — Foto: ANI / via Reuters

Pelo menos 35 pessoas morreram e sete ficaram feridas depois que um ônibus caiu em um rio no estado de Madhya Pradesh, no centro da Índia, nesta terça-feira (16). Há desaparecidos, mas o número não foi divulgado, informam as agências internacionais de notícias.

O acidente ocorreu por volta das 7h30 (horário local), na cidade de Rampur Naikin. O veículo saiu da estrada e caiu no canal de água, segundo informou o agente responsável pela delegacia local, Ashok Pandey.

"O motivo do acidente ainda não está claro", disse Pandey, que informou que 35 corpos foram recuperados do rio, enquanto outras sete pessoas foram resgatadas com vida e levadas a um hospital.

"Todos os resgatados estão bem; nenhum ficou gravemente ferido”, afirmou o agente, que não souve dizer quantos passageiros estão desaparecidos.

O chefe do governo de Madhya Pradesh, Shivraj Singh Chauhan, lamentou as mortes em mensagem em rede social e anunciou um auxílio de 500.000 rúpias (cerca de 5.700 euros) para as famílias de cada um dos falecidos.

Os acidentes de trânsito na Índia são frequentes devido ao mau estado das estradas, às condições precárias de alguns veículos e ao desrespeito pelas regras de trânsito.

Na segunda-feira (15), 16 pessoas morreram e outras duas ficaram feridas depois que um caminhão, que transportava diaristas com suas famílias, capotou em uma rodovia no oeste do país.

Em 2019, 151.113 pessoas perderam a vida e mais de 451.000 ficaram feridas em cerca de 449.000 acidentes rodoviários na Índia, de acordo com os dados mais recentes do Ministério de Transporte Rodoviário e Rodoviário.

 

 

 

 

FONTE: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/02/16/onibus-cai-em-rio-e-deixa-dezenas-de-mortos-e-feridos-na-india.ghtml

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
 AFP

Com o país envolvido nos últimos meses em uma onda de escândalos de pedofilia e incesto, o governo francês anunciou seu apoio à criação de um novo crime que pune qualquer ato sexual com penetração entre um adulto e um menor de 15 anos.

protesto franca100221© Christophe ARCHAMBAULT - Protesto em Paris contra violência sexual

É a "mudança" na sociedade nessas questões "que nos leva a mudar a lei", disse o ministro da Justiça francês, Eric Dupond-Moretti, na terça-feira à noite.

No canal público France 2, o ministro explicou que a opinião da sociedade a respeito desses casos de sexo entre adultos e menores havia mudado, pois durante anos se considerou que não seriam prejudiciais desde que houvesse consentimento.

 

Dupond-Moretti afirmou que a exigência atual de que as vítimas menores provem que foram coagidas, ameaçadas ou induzidas no momento de uma denúncia deve acabar.

O governo, porém, quer introduzir uma exceção no caso de as duas pessoas em questão terem pouca diferença de idade, já que um "jovem de 17 anos e meio que se relaciona com uma jovem de 14 anos e meio não pode se tornar um criminoso com 18 anos e um dia", explicou o ministro.

Também será necessário que "seja provado que o autor sabia a idade da vítima", acrescentou.

O governo também quer adotar um novo mecanismo de prescrição, para garantir que todas as vítimas de uma mesma pessoa tenham o direito a um julgamento.

Atualmente, muitas vezes acontece que apenas a última vítima do mesmo agressor pode testemunhar como parte civil, enquanto "as outras são apenas testemunhas", porque os fatos que lhes dizem respeito prescrevem. 

O problema da pedofilia veio à tona na França no mês passado, quando uma figura importante na cena intelectual parisiense, o cientista político Olivier Duhamel, foi acusado de incesto num livro.

Nele, sua enteada, Camille Kouchner, o acusa de ter agredido sexualmente seu irmão gêmeo quando eram adolescentes.

O caso fez recordar o do escritor francês Gabriel Matzneff, que foi investigado por pedofilia depois que uma de suas vítimas, Vanessa Springora, descreveu a relação que teve com ele quando era adolescente e o controle que ele exerceu sobre ela num livro lançado no ano passado.

Esses escândalos geraram uma reação semelhante ao #metoo na França, com testemunhos inundando as redes sociais. 

O presidente Emmanuel Macron disse há algumas semanas que "a vergonha está mudando de lado" e pediu mudanças na lei para proteger essas vítimas.

 

 

 

 

FONTE: https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/fran%c3%a7a-planeja-tornar-crime-rela%c3%a7%c3%b5es-sexuais-com-menores-de-15-anos/ar-BB1dzMmz

Escrever um comentário (0 Comentários)

CULTURA E ARTE

Batom, Lápis & TPM será aberta na segunda-feira, Dia Internacional da Mulher

ESPORTES

Paraquedistas tentam quebrar recorde feminino de salto durante o dia

Autor: CCS As paraquedistas Isabella Castro Moreira e Julie Vidotti podem entrar para o Guinness World Records no...

Início nas Eliminatórias superaram as expectativas, diz Tite

Por Agência Brasil - Rio de Janeiro Técnico também fala, em entrevista à Fifa, da mudança de Neymar Tite convoca a...

 

booked.net

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Anita Efraim O secretário de Educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares, fez um apelo às...
Paulo Amorim A partir do próximo sábado, 6, todo o Estado de São Paulo volta para a fase vermelha...
Texto: CCS Para a segurança dos frequentadores do Jardim Botânico de Piracicaba (JBP), em...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Estadão Conteúdo  Receita é o fenômeno culinário do momento nas redes sociais Essa receita é o fenômeno culinário do momento nas redes sociais: queijo feta, azeite e tomates cereja assados e...

Shafik Meghji -  BBC Travel Os olhos da chocolatier Maria Romero brilham quando ela se lembra da infância em Quilmes, cidade argentina na província de Buenos Aires, e do seu primeiro...

Por Angélica Banhara Depois de um ano de pandemia, haja inspiração para o cardápio de todo dia! O fim-de-semana é outro desafio: com todo mundo mais tempo em casa, a gente quer uma comer uma...

Por Guia da Cozinha Receita fácil e aprovada pra usar de vez a máquina de waffle escondida em casa! {loadposition apoiador-estilo-vida} Waffle tem um característico resultado com aspecto de pão...

RELIGIÃO

Cardeal Sérgio da Rocha  Imagem ilustrativa: Canva (www.canva.com/pt_br/modelos) “Fraternidade e Diálogo: Compromisso de Amor” é o tema belo e desafiador da Campanha da Fraternidade, que se inicia com a Quaresma. A Campanha da Fraternidade...

Fernando Rossit Já ouvimos essa frase ou mesmo já dissemos, especialmente num repente de rebeldia na adolescência: – Não pedi para nascer!! {loadposition apoiador-estilo-vida} Será mesmo? O escritor espírita Richard Simonetti aduz com muita...

Helio & Deise Peixoto  “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, — pela graça sois salvos.”Efésios...

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account